Compostos Orgânicos Voláteis: Saiba como melhorar a qualidade de vida da sua indústria!


Saiba como ajudar na saúde de seus funcionários

Você sabia que existem substâncias presentes na atmosfera que podem ser perigosas para nossa saúde?

Assim como os poluentes lançados pelas indústrias e automóveis, os compostos orgânicos voláteis, representados pela sigla COV, estão presentes no ar que respiramos e podem ser nocivos ao nosso organismo.


Acompanhe o nosso post de hoje e conheça mais sobre esses compostos!


O que são os compostos orgânicos voláteis?


Os compostos orgânicos voláteis são substâncias que possuem, em condições normais de temperatura, alta pressão de vapor. Essa característica faz com que os COVs se vaporizam ao entrar na atmosfera e se misturem aos demais compostos.


Também podem ser definidos como compostos que possuem em sua composição o carbono. São considerados poluentes perigosos, principalmente em concentrações elevadas, podendo causar reações adversas no organismo humano.


Onde os COVs são mais facilmente encontrados?


Os COVs podem ser encontrados nos mais variados tipos de materiais, em especial nos solventes, como produtos de limpeza, repelentes, cosméticos, pesticidas, tintas, papel carbono, combustíveis, cola e até mesmo pranchas de surf.


Em resumo, todos os materiais sintéticos que possuem cheiro contém compostos orgânicos voláteis em sua composição. Os compostos podem ainda ser encontrados na natureza, pois são liberados pelas plantas.


A concentração desses compostos fica mais intensa em ambientes com menor circulação de ar. Porém, é importante ressaltar que nem todos os COVs são prejudiciais à saúde, como os encontrados em perfumes e os liberados pelas plantas.


Quais danos à saúde os compostos orgânicos voláteis podem causar?


A exposição a essa substância pode causar efeitos diversos ao organismo humano, como dores de cabeça, alergia cutânea, irritação no nariz, olhos e garganta, fadiga, falta de ar e de memória e tontura.


Em períodos de longa exposição, os COVs afetam o fígado e o sistema nervoso central, prejudicando permanentemente o organismo. Alguns tipos desse composto são ainda propensos a causar câncer e intoxicação, podendo levar à morte por asfixia.


Além disso, quando lançados na atmosfera, os COVs contribuem para a formação do chamado smog fotoquímico. Ele ocorre quando a poluição se combina com as gotas de vapor de água, o que faz com que a atmosfera fique densa, com o aspecto de neblina.


O problema desse efeito é o agravamento da incidência dos raios UV, levando a problemas de pele e até mesmo câncer.


Quais cuidados devo tomar com esses compostos?


Utilizar os produtos que possuem essas substâncias na maneira instruída pelo fabricante e em ambientes abertos: pois o ar faz o produto circular — são pequenas atitudes para evitar que os compostos orgânicos voláteis contaminem o seu organismo.


É importante também dar preferência a tintas a base de água, pois elas não contém substâncias sintéticas. Além disso, as empresas podem também contribuir para que a população não tenha contato direto com os COVs, através de processos de controle de odor. Entre esses processos podemos citar a desodorização por lavadores de gases, em que as substâncias atraem esses compostos e evitam que eles sejam lançados na atmosfera.

Viu só? Quando tratados pelas indústrias e utilizados de maneira correta, os compostos orgânicos voláteis podem ser menos prejudiciais à saúde.

Mas esteja sempre atento e não deixe de usá-los de maneira consciente e responsável!


Se interessou pelo assunto? Comente em nosso artigo, compartilhe com seus amigos! Dúvidas? Entre em contato com os especialistas da DUX.


Gostaria de uma consultoria grátis?




© 2020 DUX CONTROLE DE ODORES | INDÚSTRIA QUÍMICA | Todos os direitos reservados.

CNPJ 13.771.610.0001-30 | ANVISA 3.07.044-2 | TEL: +55 (11) 4447-7190