Entenda os 4 parâmetros para medição de odores e controle de odores!


Entenda os 4 parâmetros para medição de odores e controle de odores

O olfato é um sistema sensitivo que possui diversos receptores capazes de captar as moléculas odoríferas da atmosfera e enviar impulsos nervosos ao cérebro, para que tenhamos as sensações olfativas.


Já o odor é a sensação que resulta da recepção de estímulos do sistema nervoso e olfativo. Sua percepção pelos seres humanos depende de diversos fatores, como intensidade e frequência.


Porém, cada organismo percebe o odor de uma maneira diferente, tornando difícil a sua mensuração. Devido a isso, são utilizados critérios para auxiliar a medição do mau cheiro presente na atmosfera.


Quer conhecer mais sobre o assunto e entender quais os parâmetros de controle de odores? Então continue a ler nosso post!


É possível fazer a medição do odor?

Sim. Porém, o grande problema relacionado ao controle de odores é a grande quantidade de substâncias que estão associadas a eles, como aldeídos, ácidos inorgânicos, compostos inorgânicos, entre outros. Por isso, os efeitos do mau cheiro são percebidos no organismo humano de diferentes maneiras.




Os 4 parâmetros para medição e controle de odores

A medição dos odores é extremamente importante para os seres humanos. Atualmente, são utilizados 4 parâmetros para isso. Eles são utilizados em ambientes específicos, como fábricas, área têxtil e curtumes. São eles:

  • Perceptibilidade de Concentração Residual

Esse método é utilizado tendo como base a concentração mínima que é possível ser detectada por 100% das pessoas que participaram da análise olfativa. Ou seja, ele leva em consideração a capacidade de percepção do mau cheiro pelo organismo humano e pode usar também a média geométrica das medições dos membros únicos


  • Odor Number

Esse critério está diretamente relacionado com o primeiro. Ele utiliza o número de diluições que são necessárias para reduzir a concentração da amostra de odor utilizada no teste de percepção.


  • Concentração máxima de exposição

Esse parâmetro faz referência à concentração mínima que o ser humano pode ser exposto em relação a determinada amostra. Esse contato com o mau cheiro representa um período de 40 anos, com 8 horas por dia, 5 dias por semana e 50 semanas por ano.


  • Concentração máxima permitida

Esse parâmetro representa o número máximo que nunca pode ser excedido no ambiente em análise. Os valores desse índice variam de acordo com o composto e a sua sensação olfativa no organismo.


  • Métodos para combater o mau cheiro

Os processos utilizados para eliminar o odor são diversos e podem ser aplicados na atmosfera ou em soluções líquidas. Entre eles, podemos citar a biofiltração. Neste procedimento, as moléculas causadoras do mau cheiro são capturadas num leito filtrante e oxidadas por micro-organismos.Um outro método é a desodorização por oxidação térmica, onde os lavadores de gases disseminam o produto por todo o ambiente, permitindo a erradicação do mau cheiro.


Percebeu como é importante fazer o controle de odores?

Além de controlar a sua emissão, é possível fornecer uma melhor qualidade de vida as pessoas que vivem em torno dos ambientes que emitem o mau cheiro!


Gostou de conhecer os 4 parâmetros para medição de odores? Então saiba também como é possível controlar o odor no transporte de resíduos no próximo post!
Fale com os nossos especialistas

© 2020 DUX CONTROLE DE ODORES | INDÚSTRIA QUÍMICA | Todos os direitos reservados.

CNPJ 13.771.610.0001-30 | ANVISA 3.07.044-2 | TEL: +55 (11) 4447-7190